Olá queridos, na postagem do blog de hoje vamos falar sobre faculdade de música, conhecer um pouco como é, quais cursos existem, dá dinheiro? E mais, confira aqui!

faculdade de música

 

1. Em qual curso você é formada e qual faculdade? 

Sou formada no curso de licenciatura em música pela faculdade Cantareira. O curso de licenciatura em música é voltado para aqueles que querem seguir na carreira acadêmica na música e dar aulas.

2. Como faz para entrar numa faculdade de música? 

Para entrar numa faculdade de música, você vai ter que fazer tanto uma prova de música quanto a prova do vestibular normal.

A prova de música consiste em duas partes, a parte teórica, que é bem parecido com um vestibular normal só que com perguntas de música (ritmo, percepção, análise harmônica, história da música, apreciação musical, entre outros).

E a parte de solfejo + entrevista, essa para mim é a parte mais difícil. É individual e você entra numa sala com um ou mais professores, tem uma prova de solfejo à primeira vista, dependendo do curso que você vai prestar, precisa tocar/cantar alguma peça (geralmente de livre escolha e uma estipulada por eles) e tem uma entrevista que eles perguntam sua experiência com a música até então, com quem você estudou e onde (que geralmente conta muito) e porque você quer estudar esse curso.

Fora esse vestibular de música você tem também o vestibular normal, então certifique-se de estudar também as matérias comuns para você ganhar pontos nesse quesito também.

3. Como se preparar para entrar numa faculdade de música?

A primeira coisa é estudar muito teoria musical. A maioria dos estudantes de música querem só tocar, se você decide entrar para essa área acadêmica e prestar um vestibular, você precisa ter bastante conhecimento em teoria musical.

Faça o curso de teoria completo na sua escola de música, peça ao seu professor de instrumento treinar leitura de partitura, escrita, etc. Treine solfejo, leitura à primeira vista e compositores eruditos ou populares aceitos pela banca, geralmente compositores eruditos são mais bem aceitos como Beethoven, Mozart, Bach, etc, os populares que são aceitos são Elis Regina, Tom Jobim, Villa Lobos, etc. Nada de chegar na prova com um cantor pop tipo Melim, Billie Eilish, Katy Perry, etc.

Após dominar a teoria musical, você precisa saber também harmonia tradicional e popular, apreciação musical, ou seja, reconhecer peças e compositores só através da música tocada, reconhecer o instrumento auditivamente, história da música e contraponto musical.

4. Quais cursos existem?

Os cursos são licenciatura em música, voltado para quem quer dar aulas ou seguir na área acadêmica, bacharelado em música, que você estuda um instrumento (por exemplo, bacharelado em canto, bacharelado em piano erudito, etc), regência, que é voltado para quem quer se tornar maestro, composição, voltado para quem quer escrever peças para orquestra, trilha sonoras, etc.

Existem outros cursos ligados a música também como produção musical e musicoterapia.

5. Com o que posso trabalhar depois de me formar? 

Depende do curso que você fizer, licenciatura por exemplo, você vai dar aulas, geralmente em escolas regulares, escolas de música, projetos culturais, igrejas, fazendo especializações até em faculdades.

Curso de bacharelado, geralmente quem faz é para entrar em orquestras, quem toca na Orquestra Jovem de São Paulo por exemplo, fez curso de bacharelado em violino, trompa, etc.

Curso de regência, é um dos mais difíceis de entrar (e sair rsrs) é voltado para ser regente, como o nome já diz, regente de algum coro ou orquestra em algum teatro, etc.

Curso de composição, também é um curso difícil de entrar e sair rsrs voltado para quem quer trabalhar compondo peças, geralmente para orquestras, trilhas sonoras, etc.

Curso de produção musical, é um curso novo no mercado, para você aprender a gravar músicos, então você pode trabalhar como autônomo, montando seu estúdio e gravando, quanto pode entrar em alguma gravadora para trabalhar.

Curso de musicoterapia, eu penso nesse curso mais na área da saúde do que na música em si, também é um curso novo no mercado, mas que vem crescendo bastante. Então se você está em dúvida entre a área da saúde e música é um bom meio termo rsrs

6. Música dá dinheiro? 

Essa pergunta muita gente me faz e inclusive, meus pais fizeram quando eu decidi seguir essa carreira. Tem que entender que música é como qualquer profissão, pode dar muito dinheiro como pode não dar. Depende da sua dedicação, estudo e das oportunidades que surgem.

Você quer fazer música porque quer ser famoso como a Taylor Swift e almeja só estar lá cantando para milhões, sinceramente a chance é pequena e você tem que entender que vai ter que tocar em barzinhos e lugares mais simples, ir ganhando público e fãs e ir investindo e escalando aos poucos para chegar lá, contatos é tudo. Então quanto mais dinheiro você investir na sua carreira, mais fácil vai ser chegar lá, mas tem que entender que não vai ser fácil e que vai exigir muito investimento e perseverança. Já vi muitos músicos frustrados, falando mal da profissão porque acharam que seria fácil e rápido e logo estariam ganhando milhões e não é bem assim.

Agora se você quer fazer música, porque como eu, ama o que ela te faz sentir e quer trazer isso para a vida de outras pessoas, a chance de você viver bem como em qualquer outra profissão é muito grande. Ela dá dinheiro sim, se você souber correr atrás, estudar, agarrar as oportunidades da profissão.

Hoje bandas, ganham muito dinheiro com eventos corporativos, casamentos, tocando em bares, festivais, etc. Professores de música ganham muito bem também dependendo da escola que trabalham, produtores musicais, músicos de orquestra, etc. Então se você está preocupado em morrer de fome não vai, rsrs minha dica é, esteja aberto a dar aulas no início, mesmo que não seja o seu foco principal, geralmente é o que tem mais vagas abertas e você pode ir se descobrindo nesse meio.

7. O que se estuda numa faculdade de música? 

Você vai ter cursos de teoria musical como harmonia, percepção, contraponto, história da música, editoração de partitura, etc. e ai dependendo do curso você vai ter algumas aulas específicas, por exemplo, o meu que era licenciatura em música, tinha cursos de pedagogia, psicologia, etc, no curso de bacharelado, tem aula do seu instrumento, então quem estuda violão, faz aula de violão individual com um professor, etc., por ai vai.

8. Quais faculdades tem cursos de música? 

Hoje em 2021, das particulares, as mais conhecidas são Santa Marcelina, Souza Lima, Faam, etc, das públicas, USP, Unicamp, Unesp, etc. As de fora do Brasil tem nos Estados Unidos a Berklee e Juilliard, entre outras, na Europa tem a Royal Academic of music (Londres), Universität für Musik und darstellende Kunst Wien (Viena) e Moscow Conservatory (Moscou), entre outros.

Minha dica é pesquisar bem antes de ir para a faculdade, por exemplo, se você vai fazer bacharelado, geralmente os músicos procuram um professor específico e vão aonde ele dá aula. Se você vai fazer curso de licenciatura, procure uma faculdade com uma boa nota do MEC, que foi o que eu fiz, minha faculdade tinha 5 estrelas no curso de licenciatura, e por aí vai.

9. Como você escolheu qual curso iria estudar? 

No início é difícil escolher, a gente é jovem, não sabe muito bem o que esperar da vida e da profissão, eu sabia que não queria seguir na carreira do entretenimento, ou seja, não queria ficar cantando na noite etc., como eu canto pop para mim orquestra não serviria, portanto resolvi ir para a área acadêmica, onde eu achei que teria mais oportunidade para descobrir com o que iria trabalhar.

Lá na faculdade percebi como a música estava fazendo falta na vida e desenvolvimento das crianças, adolescentes e mais, adultos e idosos e depois de alguma experiência dando aula em escolas, percebi que queria que as pessoas estudassem música de uma forma mais completa e mais aprofundada, foi ai que decidi, junto com meu sócio abrir a GM.

Não é fácil escolher o curso e a profissão que você vai seguir pro resto da vida, mas pense no que você realmente não quer fazer e no que você pode gostar e conhecer e na faculdade, você vai ver um mundo de novas oportunidades se abrirem e se não, tudo bem também, você sempre pode fazer uma outra faculdade e tentar se descobrir nela.

10. Dicas, sugestões e comentários

Minha dica para aqueles que como eu, não conseguem se imaginar fazendo outra coisa que não tenha uma mínima relação com a música, pesquise bastante sobre profissões, sobre cursos, mergulhe nesse mundo o máximo que puder e não desista.

Não se preocupe com o dinheiro que vai ganhar, mas no que você vai trabalhar, o dinheiro vem.

Se sua preocupação maior é o dinheiro e não o amor a música, então essa carreira não é pra você. Uma coisa que constatei em todos esses anos trabalham com isso é que só fica nessa profissão, quem realmente é apaixonado pela música.

 

Então é isso, espero que tenham gostado das dicas e de conhecer um pouco como funciona esse meio da música.

Katherine Ebesui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *